um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

quarta-feira, 14 de maio de 2014

COMUNICADO DO PCP

Acerca do castigo aplicado ao Presidente da APG

1- A decisão do anterior Comandante da GNR de aplicar 25 dias de suspensão, em resultado de dois processos, ao Presidente da Associação dos Profissionais da Guarda (APG), constitui uma inaceitável medida que conta com a conivência do Ministro da Administração Interna.

2- Trata-se de um castigo resultante de opiniões expressas pelo Presidente da APG e nessa qualidade, o que transforma o castigo num acto prepotente de quem procura por via punitiva-administrativa calar o profundo mal-estar que grassa na Instituição e que as últimas manifestações destes profissionais de forma tão expressiva puseram em evidência.

3- A consumação do castigo a César Nogueira, só foi possível com a conivência do MAI. Não serve vir o Ministro alegar que se trata de matéria de âmbito interno da GNR, porque o dirigente da APG não está a ser castigado por razões do foro profissional, por razões ligadas ao exercício das funções enquanto Cabo da GNR, mas por razões ligadas à sua actividade enquanto dirigente de uma associação sócio-profissional.

4- O PCP, repudiando o castigo aplicado, manifesta a sua solidariedade ao Presidente da APG, certo de que as razões e as convicções que animam a sua intervenção em defesa dos direitos dos profissionais da Guarda se reforçarão e que esses mesmos profissionais saberão, em unidade e coesão, prosseguir a luta em
defesa dos seus legítimos direitos e aspirações.

12.05.2014

O Gabinete de Imprensa do PCP

Sem comentários:

Enviar um comentário