um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

PAIS OU PROCRIADORES?

“O meu filho era tudo para mim”

Um rapaz de 16 anos participa num assalto a uma pastelaria em Gondomar às 3h20 da madrugada. Um carro-patrulha interceptou em Campanhã a carrinha, furtada, do assalto, foi por ela abalroado, bem como um carro de um morador, e os agentes dispararam com arma de fogo, matando o rapaz de 16 anos. Outro foi detido, e mais dois puseram-se em fuga.   

A mãe do rapaz de 16 anos “atesta” qualidades do filho: “calmo” e meigo” e reclama “justiça” . O pai, ausente, está preso por violência doméstica.

A PJ, a PSP, o Ministério Público, a IGAI , todos vão “tentar apurar" se o uso da arma foi proporcionado”, dizem os jornais. O agente que disparou pode enfrentar acusação de homicídio “por negligência”. Encontra-se de baixa clinica. Pode-lhe acontecer o que aconteceu ao militar da GNR, em 2008: pena suspensa e indemnização á família da vítima, escondida na mala do carro do assalto perpetrado pelo pai.   

Às 3h20 da madrugada, a vida dos filhos de 16 anos em Portugal sofre a negligência CRIMINOSA dos pais. Pais ou procriadores?


CR

Sem comentários:

Enviar um comentário