um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

RUSSOFOBIA

Relatório aprovado no Parlamento Europeu equipara de forma histérica os media russos internacionais com a propaganda terrorista do autodenominado Estado Islâmico. Deputados do PCP no PE alertam que russofobia é mais um pretexto para o ataque às liberdades. O relatório, apresentado por uma fascistóide polaca, foi assim aprovado no dia 23 de novembro com 304 votos a favor, 179 votos contra e 208 abstenções. O alvo é o governo russo, o canal de informação multilingue Russia Today (RT), a agência de notícias Sputnik News, redes sociais e até a Igreja Ortodoxa. E porquê? Porque (cito do relatório) "atacam os valores democráticos", "dividem a Europa" e "dão a impressão de que os estados vizinhos do Leste da União Europeia estão a falhar".
E assim temos o conceito de "forças antieuropeias" na União. Ou "populistas".
A pretexto de uma "guerra" comunicacional, ergue-se um muro mediático de bloqueio e propaganda ao serviço de uma pretensa "comunicação estratégica" da União Europeia, vai-se construindo a opressão e a ditadura. Mas a realidade vai destruindo paulatinamente o muro. Os povos da Grã Bretanha, da Bulgária, da Moldova, de Itália, da Áustria, da Grécia, e até de Portugal vão impondo de formas variadas quer a saída da União Europeia, a eleição de presidentes assumidamente contra sanções á Rússia, novos protagonistas, novas soluções politicas. A militarização forçada da União Europeia e a articulação irrestrita com a NATO subordina a soberania e a independência dos Estados.
Não vai ser fácil calar a voz independente, a informação pluralista, o projecto de uma Europa de Paz e Cooperação.


CR

Sem comentários:

Enviar um comentário