um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

quarta-feira, 5 de abril de 2017

CICLO DE CINEMA

Data: 07.04.2017, 21h:30m - 07.04.2017, 23h:30m

Local: Museu de Penafiel


A CESPU através da Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa, Pólo IINFACTS - Penafiel, associou-se ao projeto do Museu Municipal de Penafiel - 5 Salas. 5 Filmes e, vai dar início a um novo ciclo de cinema dedicado à área da saúde. 5 Filmes. Saúde.
Com início em março e até julho de 2017 serão exibidos filmes, cujo enredo se integra na área da saúde. No final de cada sessão, um grupo de especialistas debaterá o tema do filme e o seu impacto na saúde das populações. 

A exibição do  2º filme está agendada para o próximo dia 7 de abril e tem como temática: Depressão.
Título do Filme: “GERAÇÃO PROZAC”
Realizador: Eric Skjoldbjaerg
Género: Drama Biográfico
Duração: 95 min
Classificação: M/18
Elenco: Christina Ricci; Jason Biggs; Anne Heche; Michelle Williams; Jonathan Rhys Meyers; Jessica Lange.

ENTRADA GRATUITA

 "GERAÇÃO PROZAC"
Baseado na autobiografia do mesmo nome, o filme segue a autora Elizabeth “Lizzie” Wurtzel (Christina Ricci), quando ela era uma jovem de 19 anos de idade, que foi aceite em Harvard com uma bolsa de estudos em jornalismo. Seu relacionamento com seu pai se desintegrou enquanto sua mãe (Jessica Lange) tenta contrabalançar sendo bastante envolvida, mas com boas intenções.
Durante sua infância, devido ao estresse do divórcio de seus pais e da exclusão social, ela já estava mostrando sinais de depressão clínica grave através de auto-mutilação. No entanto, na faculdade, Lizzie faz amizade com sua colega de quarto Ruby (Michelle Williams) e perde a virgindade com um estudante mais velho, Noah (Jonathan Rhys Meyers).
Apesar de inicialmente ser bem-sucedida em sua escrita, sendo presenteada com um prêmio pela revista Rolling Stone, ela logo desenvolve um bloqueio criativo e torna-se incapaz de escrever qualquer coisa. Isto faz com que ela comece a abusar de drogas como cocaína e ecstasy para tentar ficar acordada e abrir sua mente, mas só agrava seu estado mental quando ela fica severamente deprimida.
7 de abril é o dia Mundial da Saúde. Este ano a Organização Mundial de Saúde determinou que se refletisse sobre a Depressão, sob o lema “Let’s talk” (“Vamos conversar”). Visa promover a tomada de consciencia sobre as diferentes formas de prevenção e tratamento desta doença que, deixada em livre curso levará a consequencias graves.
A depressão é um transtorno mental, incapacitante, frequente.Segundo a OMS estima-se que 350 milhões de pessoas de todas as idades sofrem com esse transtorno; O seu impacto no portador é responsavel por muito sofrimento que, se manifesta em vários dominios e, com grande impacto sobre a familia, o trabalho e, a saúde.

Convidados para o debate:
Drª. Alexandra Antunes (Psicóloga do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, HPA)
Dr. Orlando Von Doellinger (Psiquiatra do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, HPA)

Sem comentários:

Enviar um comentário