um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

terça-feira, 23 de maio de 2017

MAIS UMA VEZ! QUANDO SERÁ QUE APRENDEMOS A IDENTIFICAR OS CULPADOS, EM VEZ DE CUSPIR PARA O AR?

Mais uma vez o terrorismo ressurgiu nas nossas vidas, matando 22 pessoas em Manchester. Vamos conhecer com detalhe e emoção os factos. Julgo que seria mais importante refletir sobre as causas.  Não, não foi decididamente o Irão, a Coreia do Norte, a Venezuela ou a Rússia, quem armou, patrocinou ou deu suporte ideológico ou confessional a esta atividade criminosa. Não são estes países “proscritos” pelo Ocidente a “fonte” de bombistas-suicidas, sem respeito pela vida própria ou alheia. Não serão as suas capitais locais de regozijo pelo sucedido. Digam o que disserem Trump, e os idiotas mais ou menos similares a Trump que falam de ameaças nucleares, e em “ditaduras”, a realidade mostra que na Síria, como no Irão, na Venezuela, ou em Cuba, o Poder não é ameaça aos povos ocidentais, antes pelo contrário resiste com firmeza á barbárie que nos contaminará a todos. Não, não é em nome de Assad , ou de Putin ou de Kim Jong-un que células terroristas atuam impondo o ódio, o proselitismo religioso e a supremacia da violência. Quem organiza os massacres, quem os financia, quem os protege, é o produto insano de uma aliança imoral entre o capitalismo explorador de reservas petrolíferas e o reino das trevas medievais com origem nos Estados do Golfo e nomeadamente na Arábia Saudita e no Qatar. São indiscutíveis as redes de relacionamento entre as diplomacias e serviços secretos da Grã- Bretanha, da França e dos Estados Unidos, e de Israel e os príncipes árabes, hospedeiros e patrões de hordas de mercenários que atuam em nome de Allah, nas mesquitas, nas escolas e nos palácios. É a mistura do sangue e do petróleo que destrói a nossa civilização. Do ovo gerado pelos McCain, Blair, Bush, Netanyahu, Hollande nasceu a serpente que atormenta as nossas cidades. É tempo dos povos o compreenderem. 
CR

Sem comentários:

Enviar um comentário