um blogue pessoal com razões e emoções á esquerda

UM BLOGUE PESSOAL COM RAZÕES E EMOÇÕES À ESQUERDA

quarta-feira, 10 de maio de 2017

SOBERANIA NA GESTÃO DO BOM GOSTO


O Festival Eurovisão da Canção readquiriu recentemente algum fulgor e despertou assim o meu interesse, algo distante deste certame comercial de cantorias. Certamente a real qualidade e mesmo a originalidade da canção que representa Portugal ajudou a esse renovar de atenção. Estamos perante um momento poético e musical bem conseguido, uma clara divergência de estilo em relação a outras actuações e que desperta uma forte emoção positiva. E em português. Dizem que é tema Disney-jazz-samba, cantado por um Joe Cocker dos anos 2000. Será! Mas é bom! Bravo! Salvador Sobral e Bravo! para Luísa Sobral.

 Mas atentos á “concorrência” não podemos deixar de reparar na indistinta cacofonia que representa outras nações, com um generalizado pop electrónico made em Ibiza que se estende por diferentes geografias e culturas musicais.  São néons, coreografias, adereços e tiques, expressão de uma uniformização cultural em língua inglesa, que não distingue o Azerbeijão da Finlândia, a Austrália (país “europeu” em digressão pela Oceania) da Arménia. Percebemos melhor que após uma integração politica e monetária, com a criação do Euro, assistiremos em breve á total harmonização de gosto cultural. Salvador, dá-lhe forte!


CR

Sem comentários:

Enviar um comentário